Aparelho metálico x alinhador transparente: quais são as diferenças e custos?

A busca constante por uma aparência cada vez mais bela tem feito com que o Brasil se destaque frente aos outros países do mundo.

 Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o Brasil, atualmente, é o 4º no ranking mundial em consumo de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC), ao passo que para os 66% dos entrevistados em levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), cuidar da beleza não é um luxo, e sim uma necessidade.

 Nos tempos de hoje, o cuidado com a qualidade de vida e o bem-estar se tornaram tão importantes quanto a saúde física, e isto justifica o crescimento no mercado de estética, que valoriza a autoestima e colabora para a saúde mental.

Seguindo esta tendência, o mercado de odontologia também inovou, e trouxe, de anos para cá, uma solução muito legal para quem busca alinhar os dentes, mas não pensa em sofrer (no caso de muitos, passar novamente pelo desconforto de um tratamento tradicional) com o uso dos aparelhos fixos: os alinhadores transparentes, também conhecidos como aparelhos invisíveis.



E quais as vantagens dos alinhadores transparentes?

Os alinhadores são fabricados com tecnologia de alta performance. Diferente dos aparelhos convencionais, em que os dentistas utilizam usam molde de gesso para estudar o posicionamento dos bráquetes, o alinhador é produzido a partir de imagens captadas da arcada do paciente através de escaneamento intraoral.

 Com estas imagens, o ortodontista utiliza um software para planejar a movimentação dos dentes e, de forma super previsível, mostra ao paciente como vai ficar seu sorriso após o tratamento antes mesmo de começar.

 Aí está a maior vantagem: a previsibilidade.

Com a tecnologia envolvida, o paciente não depende do ortodontista indicar, a cada consulta, a previsão de como anda o tratamento. Ele mesmo consegue acompanhar pelo software.

E o melhor de tudo é saber como vai ficar o sorriso antes mesmo de iniciar o tratamento. Totalmente previsível.

 Além disso, é muito confortável, pois as plaquinhas são feitas de plástico super resistente e, ao mesmo tempo, fininhas e transparentes, trazendo ainda mais discrição ao tratamento. 

 São removíveis, não prejudicando a rotina nem a alimentação, como por exemplo, a ingestão de alimentos duros e pegajosos.  Basta removê-los para atividades físicas que exijam mais contato físico, por exemplo, e higienizar após as refeições.

 São até 40% mais rápidos que os aparelhos convencionais para o tratamento de alinhamento e correção de mordida pois todas as movimentações são definidas no software antes de iniciar o tratamento.


Tratando diversos casos

Por ser um tratamento inovador no mercado brasileiro, é comum que alguns pacientes se perguntem se seus problemas ortodônticos podem ser tratados com um alinhador transparente.

 É indispensável a avaliação de um ortodontista para entender seu caso e estudar a viabilidade do alinhador.

 Além disso, é importante ficar atento às marcas consultadas. Nem todas tratam de casos complexos. Embora sejam possíveis de serem tratados, algumas marcas tratam apenas de casos simples e estéticos.

 Assim como a Invisalign, a Elevel tem a expertise para tratar de casos simples a complexos, como problemas de mordida, por exemplo.

Separamos abaixo alguns tratamentos possíveis de serem tratados com alinhador:

·     Dentes desalinhados/tortos: é possível que o paciente não tenha nenhum problema esquelético, mas queira endireitar ou alinhar o sorriso por uma questão estética;

·     Dentes apinhados: alguns pacientes não possuem espaço suficiente na mandíbula, causando a sobreposição dos dentes. Isso facilita o surgimento de cáries e a formação de tártaro;

·     Mordida aberta: quando os dentes superiores e os inferiores não se encostam, causando problemas funcionais como por exemplo, a dicção, que pode ser prejudicada;

·     Espaçamento entre dentes em excesso: também conhecido como diastema, o espaço entre os dentes facilita que alimentos fiquem acumulados, causando desconforto, dores ou, em casos mais sérios, doenças na gengiva;

·     Sobremordida ou mordida profunda: os dentes frontais superiores se sobrepõem aos dentes inferiores;

·     Mordida cruzada: não há um encaixe perfeito na mordida, causando um desgaste maior dos dentes.



E o preço de um e outro?

É verdade que o alinhador transparente chegou a valores altíssimos no passado, tirando-o da realidade da maioria dos pacientes. Isso acontecia, principalmente, pela fabricação ser feita fora do Brasil, o que encarecia bastante por acompanhar a movimentação do dólar.

Nos últimos anos a tecnologia dos alinhadores transparentes passou a ser explorada por diversas marcas no mundo todo, o que significa maior concorrência, até mesmo no mercado brasileiro.

Diferente dos aparelhos convencionais, com os alinhadores, normalmente, o preço já vem com o tratamento completo incluso. No caso da Elevel, por exemplo, o valor do tratamento já inclui toda a documentação ortodôntica, todas as plaquinhas de alinhador para o tratamento, consultas de manutenção e contenção. O paciente não tem surpresas ao longo do tratamento e consegue se planejar financeiramente.

Além disso, o laboratório da Elevel fica no Brasil, o que proporciona um custo até 30% mais acessível que outras marcas do mercado. Para saber o valor certo para cada caso, é importante sempre passar por uma avaliação com um ortodontista, para verificar tempo de tratamento e quantidade de placas a serem usadas.

 

O alinhador vale a pena?

Com diversas opções de tratamentos, fica a dúvida: o alinhador transparente vale a pena?

Levando em conta todos os fatores que abordamos anteriormente, é possível afirmar que o alinhador transparente é sim uma das melhores opções para o tratamento de problemas ortodônticos.

Usar alinhador transparente é muito fácil! Por que você não agenda a sua consulta com a Elevel para entender como o seu sorriso pode ficar?

641 visualizações