Como usar o enxaguante bucal?

O enxaguante bucal é um auxiliar na saúde da boca, ajudando na prevenção contra cáries, gengivite, mau hálito e placa bacteriana. Ele deixa aquele ar mais refrescante e ajuda a manter o sorriso mais bonito.

Mas como usá-lo da forma correta? É o que explicamos a seguir!

Usar o enxaguante de forma correta garante que a saúde bucal fique em dia!

Usar o enxaguante de forma correta garante que a saúde bucal fique em dia!


Rotina da higiene

O enxaguante bucal não precisa ser usado todos os dias. Se considerarmos um paciente que não tem nenhum tipo de doença periodontal, como cáries ou gengivite, o uso do produto em excesso pode acabar agredindo o esmalte dos dentes e ressecar a mucosa oral.

Com isso, é só encaixar, de vez em quando, o enxaguante bucal na rotina, passando o fio dental, escovando os dentes normalmente e só então bochechar com o produto por alguns minutos, com atenção para que ele chegue em todas as áreas da boca.

Caso o paciente perceba o mau hálito ou sinta dores, é indicado que visite o dentista antes de tomar a decisão de usar o enxaguante por conta própria. Como já dissemos, este é um auxiliar da saúde bucal!

Fora isso, não se deve engolir o enxaguante. Além dele ser impróprio para o consumo, é possível que microrganismos sejam levados junto, o que pode causar desconforto.

 

Diferentes tipos

São várias opções de enxaguantes bucais disponíveis no mercado. Aqui ressaltamos a importância de sempre conversar com seu dentista para entender se o seu uso é realmente necessário e qual é a melhor opção de acordo com cada caso.

Porém, é preciso ter atenção se você for comprar um enxaguante. Existem quatro opções:

·      Com álcool: o ideal é evitar, pois pode causar agressões à mucosa oral e desgaste do esmalte dentário, além de poder desequilibrar o pH bucal;

·      Sem álcool: é o mais indicado pois não arde nem maltrata a boca, podendo ser usado com maior segurança;

·      Com flúor: é recomendado para pessoas com alto risco de cárie, pois interfere no metabolismo dos micro-organismos da placa dental (ou biofilme) e atua na remineralização do esmalte do dente. Pode ser utilizado diária ou semanalmente dependendo da concentração de flúor;

·      Com antisséptico: é utilizado para casos de mau hálito ou para pacientes que realizaram alguma cirurgia. Este é um composto potente e deve ser usado somente com a indicação do dentista, pois pode causar danos e manchas nos dentes.

Você já iniciou a sua jornada rumo ao sorriso dos seus sonhos? Agende uma consulta com nossa equipe e saiba como o seu sorriso pode ficar!

50 visualizações